Loja da Carter’s chega ao Brasil

A marca americana Carter’s é queridinha entre as mães brasileiras. A maioria das grávidas que vão aos EUA fazer enxoval incluem itens da marca na bagagem.

Ela não é unanimidade, já vi mães que não gostam muito. Mas posso falar pela minha experiência. Comprei várias peças no enxoval do Otto que consegui usar por muito tempo. Muito mesmo.

Os bodies têm uma modelagem muito boa e os tecidos são de qualidade. Além dos desenhos e estampas que são discretos, já que não gosto de nada muito estampado, colorido, chamativo. Bodies brancos são itens tem que ter.

A loja recém-inaugurada no Shopping Ibirapuera, em São Paulo, tem bastante variedade de modelos, os clássicos conjuntos de bodies brancos e conjuntos de calça + body também estão presentes. Há toalhas, roupões, mochilas. Não deixa muito a desejar em variedade.

Sobre os preços. Os conjuntos com quatro bodies brancos custam R$ 149,90. Calça jeans e conjunto de calça e blusa de moletom R$ 149,90. Camiseta manga longa R$ 89,90. São só alguns exemplos para ter ideia.

No início do ano estive nos EUA e comprei algumas peças para o Otto. Uma delas inclusive está disponível na loja em SP então dá para ter efeito de comparação. Mesmo com o dólar batendo os R$ 5 na época, os preços ainda eram bem convidativos e não chegavam nem perto dos preços que vi na loja daqui.

Comprei uma camiseta manga longa por USD 7 (algo em torno de 35 reais incluindo as taxas); a mesma camiseta aqui custa R$ 89,90.

Entendo que a importação, impostos, manter a loja num grande shopping de São Paulo, tudo isso tem um custo. E achei incrível poder contar com uma loja da marca agora aqui pertinho.

Mães, vocês gostam da Carter’s ou não? Já conhecem a nova loja?

Mudança de comportamento: pandemia e o enxoval no Brasil

A chegada da maternidade é um momento muito feliz que envolve sonhos, vontade de ter tudo perfeitinho, do jeito que a mãe idealiza. Mexe com os sentimentos das gestantes.

Todo mundo sabe que as grávidas brasileiras sempre aproveitaram para viajar aos Estados Unidos e conferir a variedade de ofertas de roupas e outros produtos indispensáveis para o enxoval pelo menos nos primeiros anos do bebê. Além da grande oferta de produtos e de bons preços, há também a promessa de itens que não existem aqui no Brasil.

Eu mesma fiz enxoval fora e priorizei os produtos “diferentes” ou que não são fabricados aqui no Brasil. Mas, esse ano, com a chegada da pandemia, essa nova realidade obrigou muitas grávidas a mudarem seus planos e, impossibilitadas de viajar – até sabe Deus quando – elas estão tendo que se virar por aqui mesmo.

Além de não poder viajar, o dólar está nas alturas e aí vem a pergunta: vale a pena mesmo? Acredito que tudo varia do estilo de vida dos pais, orçamento, necessidades. Muitos casais aproveitam a viagem de férias ou usam como oportunidade de uma baby moon e unem o útil ao agradável.

Existe ainda a possibilidade de comprar através dos serviços de personal shopper de lá que redirecionam as compras aqui para o Brasil, mas ouvi dizer que com a alta do dólar + os impostos e taxas de importação não vale a pena.

Tenho acompanhado perfis de personal shopper nos Estados Unidos que atuam aqui também, além de influenciadoras grávidas, em fase de compras do enxoval, que afirmam que hoje o Brasil não fica atrás dos Estados Unidos em nada. Existem boas marcas, especialmente de roupas, com boa qualidade, preço honesto e bem aqui, no shopping mais próximo.

Acredito que ainda assim, muitas gestantes devem estar sentindo falta de poder viajar para fazer suas comprinhas enquanto esperam a chegada do bebê. Não que isso seja de grande importância num momento como o atual, mas como eu disse, maternidade envolve sonho. Enquanto tudo não se normaliza, vamos sonhar e esperar que tudo passe o quanto antes.

Enquanto isso, conta aqui pra mim, você está em fase de enxoval? Como tem sido?