Livro: Como superar seus limites internos

Este é o título para a nova edição de A Guerra da Arte, best seller de Steven Pressfield. O prefácio é da professora de filosofia Lúcia Helena Galvão, que também tem no Youtube, uma aula bem completa sobre o clássico livro.

O livro, embora seja bem voltado para quem trabalha com criatividade, é bem-vindo para todo mundo. O autor nos apresenta a resistência, essa força invisível contra quem temos que lutar todos os dias para realizar nossas tarefas.

Afinal, quem nunca procrastinou, se diminuiu ou se sentiu incapaz? Colocando à frente de si mesmo obstáculos que só nós mesmos podemos retirar para fazer acontecer. Me lembrou muito o livro Grande Magia (clique para ler meu post sobre), de Liz Gilbert. Ela também fala sobre focar no trabalho puro e simples, o famoso sentar e fazer. Sem se importar com os outros, em agradar os outros, ou se vão rir da gente, o que vão pensar etc.

Faça por você. Nesse caso, seja egoísta. Faça porque você gosta e vai te fazer bem. Sente-se todos os dias e execute seu trabalho da melhor maneira possível. Só assim você sai da inércia, há movimento e o universo vai conspirar a seu favor.

É um livro rápido de ler (li praticamente em um fim de semana), fácil, gostoso e ainda acalentador. Acredito que haja identificação com todos os leitores. Todos nós já passamos por situações semelhantes as descritas pelo autor. Na minha opinião, é uma leitura bem útil e que vale muito a pena!

“Desprezo a resistência. Não permito que ela me bloqueie. Sento-me e trabalho.”

“Porque, quando nos sentamos todos os dias para trabalhar, algo misterioso começa a acontecer. Um processo é posto em movimento, e, por ele, inevitável e infalivelmente o céu vem em nosso auxílio. Forças invisíveis perfilham nossa causa, e o acaso reforça nosso objetivo.”

Dica de série: O Gambito da Rainha

Série curtinha da Netflix, mas que vale as horinhas frente à TV. Apesar de ser mais parada, é uma história que prende.

Elizabeth fica órfã ainda menina e vai para um orfanato. Lá, aprende xadrez com o zelador do local e desenvolve uma habilidade surpreendente para o jogo.

Ambientada nos anos 60/70, mostra uma moça inteligente, determinada e muito esforçada. Ainda no orfanato, lia livros sobre grandes jogadores de xadrez e estudava suas principais jogadas.

Na adolescência foi adotada e sua mãe adotiva ofereceu suporte e companhia durante dezenas de torneios de xadrez dos quais ela participou mundo afora, rompendo barreiras como uma jogadora mulher, algo que não se via na época.

A principal lição aqui é a maneira como a personagem enxergou uma oportunidade, acreditou no próprio potencial e trabalhou muito duro para se aprimorar e atingir seus objetivos. Mesmo quando ganhava as partidas, ela nunca parou de estudar. E ficava cada vez melhor. Algo para se adotar também na vida real.

Alinhadas às tendências, marcas de calçados buscam oferecer conforto e aconchego em suas coleções

Alinhadas à tendência do conforto chique, sobre a qual já falei aqui, marcas de calçados conquistam as fashionistas com modelos macios de pelos, remetendo a uma pantufa, só que chique e com informação de moda, que transita da casa, no look home office, àquela saidinha para resolver coisas na rua.

Trouxe aqui as coleções da Schutz, Arezzo e Ugg. As opções das três marcas são parecidas, todas bem desejáveis e super instagramáveis rs. Vamos a elas:

Qual é o seu chinelinho favorito? Tá difícil escolher, né? Os modelos podem ser encontrados no site das respectivas marcas.

Imagens: Divulgação e Instagram

A importância do lúdico em período de isolamento

Já é sabido da importância do brincar e que crianças aprendem através de brincadeiras e vivências. Também já foi comprovado cientificamente que brincar não faz bem apenas para as crianças, mas também para os adultos: alivia o estresse.

Hoje, nesse contexto que vivemos, em que pais e filhos passam cada vez mais tempo juntos em casa, pode ser desafiador conciliar trabalho e brincadeiras com os filhos.

Nesse momento, qualidade é melhor que quantidade. Mais vale tirar pequenos períodos do dia para dar atenção às crianças, com brincadeiras curtas, mas de verdadeira interação por parte dos pais, do que passar o dia apagando incêndios, tentando fazer a criança se distrair enquanto você tenta trabalhar. Estabelecendo isso como rotina, eles passam a entender que tem o tempo deles, mas também tem os momentos em que precisam brincar sozinhos.

Aqui em casa já retomamos as aulas presenciais. Otto passa meio período na escola. Chega em casa por volta de 14h30, toma banho, faz um lanche e então tem a tarde livre para brincar. Como já gastou bastante energia na escola, fica tranquilo, brinca bastante sozinho.

Geralmente procuro deixar esse tempo para estar com ele. Mas se preciso trabalhar no computador, por exemplo, sento perto dele e ele me vê enquanto brinca, percebo que isso o deixa mais calmo.

À noite, começamos com a rotina de leitura antes de dormir visando diminuir o tempo na frente da televisão, que acaba agitando muito as crianças. Ele se mostrou bem animado com a novidade. Após a leitura, luzes apagadas e hora de dormir. São momentos de conexão entre nós e de tranquilidade minutos antes de pegar no sono, o que o faz dormir melhor.

Além de toda importância para o aprendizado e desenvolvimento, o brincar também deixa memórias e cria laços. Ainda que não se esteja brincando junto, é importante interagir, mostrar interesse. No futuro, esses vínculos estarão fortalecidos e esse período deixará boas memórias de um tempo caótico lá fora, mas de amor e companheirismo aqui dentro.

Looks com bota western

Bota lindíssima @paulatorresbrand de cano alto combinada com jeans skinny e blazer oversized

Dias mais fresquinhos chegando e a gente já fica querendo tirar as botas do armário. Quem também é assim? São muitos modelos, dos mais variados estilos e materiais. Mas hoje vamos falar especificamente do tipo western, aquela bota estilo country, de bico mais fino, salto grosso e baixo. Aparece com cano longo e curto, e algumas ainda possuem desenhos e aplicações. Ficam lindas com looks básicos de jeans, mas também arrasam com vestidos longos e midi fluidos. Veja as inspirações de como usar:

Onde encontrar:

Amaro
https://amaro.com/br/pt/c/moda-feminina/sapatos/botas/50000710_0002/bota-western-cano-curto-0/preto
Le Blog
https://www.leblogstore.com.br/bota-nobuck-dandara-arena/p
Paula Torres https://www.paulatorres.com.br/bota-berlim-militar-p1001220