Lições de fim de ano

O ano está acabando e algumas pessoas já estão se preparando para as resoluções de fim de ano, momento em que escrevem tudo aquilo que não conseguiram realizar no ano que finda e tudo aquilo que esperam do próximo ano.

É uma prática de escrita terapêutica muito válida, afinal de contas é importante dedicar um tempo para imaginar os resultados que deseja, colocando intenção e sentimento. Isso ajuda muito na realização quando complementado com ação, é claro.

Mas eu quero chamar atenção para os sentimentos que são despertados quando pensamos naquilo que não conseguimos realizar, nos planos que fizemos no final do ano anterior e que por diversos motivos, não se concretizaram.

É importante que para cada um deles você encontre um aprendizado.

Olhe com atenção para cada um desses planos e entenda os “porquês” deles não terem acontecido. Quais foram as causas, o que aconteceu no seu ano que não teria acontecido se aquilo que você colocou no planejamento tivesse dado certo?

Caso esse mesmo desejo e plano entre para a lista do próximo ano, ter clareza do que não funcionou e do que precisará ser feito para que ele se realize é ter um mapa muito mais completo nas mãos.

Não é só repetir planos ano após ano, é entender os motivadores de cada um. É perceber se algum deles já não faz o menor sentido compor a sua lista e você continua repetindo ele e se sentindo improdutiva à toa.

Uma retrospectiva saudável não é aquela que só acessa os acontecimentos, mas que reflete sobre como eles agregaram, em resultado ou em aprendizado, crescimento.

O ano de 2020 trouxe muitos desafios, histórias de fracasso, medo, saudades. Mas cada uma dessas situações ensinou algo. É só saber procurar.

Inclua também no seu exercício de lições de fim de ano, coisas que aconteceram que não estavam na lista que você tinha feito.

Algumas coisas ficam para trás porque outras aparecem, mas se não estivermos atentas, deixamos passar. Lamentando apenas pelo que não deu certo.

O que cada um dos fracassos que você experimentou esse ano te ensinou?

Quais foram as suas conquistas, você comemorou todas elas?

O que os acontecimentos externos despertaram em você, tanto de bom como de ruim?

Os planos que não puderam ser concretizados devido os acontecimentos externos (pandemia, desemprego, isolamento) continuam sendo desejados? Como fazer com que eles sejam menos influenciados por fatores como esses?

Boas lições e resoluções de fim ano!

Luz e Sucesso!


Esse texto foi escrito por Flávia Gimenes, empreendedora, terapeuta, leader coach e advogada fundadora da Líder de Si Desenvolvimento e Evolução. Sigam no Instagram @liderdesi.de para acompanhar conteúdos enriquecedores sobre autoconhecimento, desenvolvimento pessoal e liderança humanizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s