Mudança de comportamento: pandemia e o enxoval no Brasil

A chegada da maternidade é um momento muito feliz que envolve sonhos, vontade de ter tudo perfeitinho, do jeito que a mãe idealiza. Mexe com os sentimentos das gestantes.

Todo mundo sabe que as grávidas brasileiras sempre aproveitaram para viajar aos Estados Unidos e conferir a variedade de ofertas de roupas e outros produtos indispensáveis para o enxoval pelo menos nos primeiros anos do bebê. Além da grande oferta de produtos e de bons preços, há também a promessa de itens que não existem aqui no Brasil.

Eu mesma fiz enxoval fora e priorizei os produtos “diferentes” ou que não são fabricados aqui no Brasil. Mas, esse ano, com a chegada da pandemia, essa nova realidade obrigou muitas grávidas a mudarem seus planos e, impossibilitadas de viajar – até sabe Deus quando – elas estão tendo que se virar por aqui mesmo.

Além de não poder viajar, o dólar está nas alturas e aí vem a pergunta: vale a pena mesmo? Acredito que tudo varia do estilo de vida dos pais, orçamento, necessidades. Muitos casais aproveitam a viagem de férias ou usam como oportunidade de uma baby moon e unem o útil ao agradável.

Existe ainda a possibilidade de comprar através dos serviços de personal shopper de lá que redirecionam as compras aqui para o Brasil, mas ouvi dizer que com a alta do dólar + os impostos e taxas de importação não vale a pena.

Tenho acompanhado perfis de personal shopper nos Estados Unidos que atuam aqui também, além de influenciadoras grávidas, em fase de compras do enxoval, que afirmam que hoje o Brasil não fica atrás dos Estados Unidos em nada. Existem boas marcas, especialmente de roupas, com boa qualidade, preço honesto e bem aqui, no shopping mais próximo.

Acredito que ainda assim, muitas gestantes devem estar sentindo falta de poder viajar para fazer suas comprinhas enquanto esperam a chegada do bebê. Não que isso seja de grande importância num momento como o atual, mas como eu disse, maternidade envolve sonho. Enquanto tudo não se normaliza, vamos sonhar e esperar que tudo passe o quanto antes.

Enquanto isso, conta aqui pra mim, você está em fase de enxoval? Como tem sido?

Publicado por

Fabiola Mininel

Jornalista, mãe e apaixonada por moda

Deixe uma resposta