Disney: Magic Kingdom com criança

010320133248-2

Magic Kingdom é o parque que, na minha opinião, melhor caracteriza aquilo que pensamos quando falamos em Disney. Tem todo aquele encanto e magia que arrebata os corações de todos, não só das crianças.

Se eu voltar mil vezes a Orlando, com certeza vou ao Magic Kingdom em todas elas. A gente nunca se cansa de lá. É como dizem: lá despertamos nossa criança interior, e isso é incrível!

Ele foi o primeiro parque do complexo Disney, inaugurado em 1971, e foi  nossa primeira escolha do roteiro para comemorar os 2 anos do Otto. Nesse post reuni as informações que você precisa saber para ir com crianças.

Horários

Confira o horário de funcionamento no dia da sua visita. Eles podem ser alterados sem aviso prévio e também pode ser dia de extra magic hours, quando o parque abre uma hora mais cedo ou fecha uma hora mais tarde para hóspedes dos hotéis do complexo Disney. Esses dias tendem a ter parque mais cheio. Além disso, vale dizer que lá os parques são enormes e as distâncias entre um lugar e outro são grandes, por isso, chegue cedo! Entre parar o carro no estacionamento e chegar à entrada do parque, leva mais ou menos 50 minutos. É bom saber disso para programar sua visita, e, chegando cedo, você aproveita muito mais o parque.

IMG_9367

Baby Care Center

Os parques da Disney possuem Baby Care Center, um espaço onde as famílias podem trocar seus bebês, as mães amamentar em uma sala tranquila e silenciosa, há cadeirões para dar as refeições, microondas, pia para lavar mamadeiras, filtro de água e ainda algumas opções de papinha à venda.

Estive lá uma vez para lavar as mamadeiras e trocar o Otto, e achei o espaço muito bom. Na entrada tem alguns bancos onde dá para sentar e dar uma relaxada. Os banheiros femininos (alguns masculinos também) possuem trocadores simples para uma troquinha rápida de fralda. Mas se quiser mais conforto, vá ao Baby Center.

stroller
Encontrei na internet essa imagem do modelo alugado nos parques que comento no post
Carrinho de bebê

Leve carrinho. Definitivamente não dá para visitar os parques sem carrinho de bebê. Mesmo que seu filho seja maiorzinho, você vai andar muito e ele certamente não vai aguentar. Caso não tenha, os parques oferecem serviço de aluguel de carrinhos. Eles não são muito confortáveis, mas podem ajudar bastante. O valor da diária, se não me engano, é de 18 dólares. Se você for passar muitos dias na cidade, visitar muitos parques e não quiser pagar uma fortuna de aluguel, é possível encontrar modelos em torno de 30 dólares em lojas como Wal Mart e Burlington. Há também empresas que alugam durante o período em que você estiver lá, e entregam e retiram no hotel sem custo extra.

Dica bônus: se tiver aqueles carrinhos mais compactos, do estilo guarda-chuva, opte por eles, que são bem mais práticos na hora de desmontar para entrar e sair do transporte que leva do estacionamento ao monorail.

Água

Uma garrafa de água no parque custa USD 3,50. Encontramos uma promoção no Walgreens de um pacote com 48 garrafas de 500 ml por USD 4,49 (o preço normal seria USD 3,50 o pacote de 24 garrafas). Mesmo sem estar na promoção, vale muito mais a pena comprar e levar. Será uma baita economia, ainda mais em tempos de dólar a 5 reais!

Atrações

O que eu fiz no meu planejamento: o site da Disney tem listadas todas as atrações do parque com indicação de altura e idade mínimas. Peguei todas as atrações nas quais o Otto poderia ir e no dia da visita organizamos pela localização no mapa e tempo de espera em cada atração. Para as atrações mais concorridas ou que queríamos muito ir, já deixei fast pass marcado antes. Essa é uma maneira prática e inteligente de organizar a visita, pois evita o vai e volta à toa e perda de tempo, já que o parque é muito grande.

IMG_7530

App My Disney Experience

Use e abuse dele. Vai ser seu melhor amigo durante seus dias na Disney. Nele, você tem o mapa dos parques, horário de funcionamento, agendamento de fast pass, tempo de espera de cada atração, além de conseguir buscar atrações e criar rotas de um local a outro. E lá também que ficam reunidas as fotos que você tirar pelos parques com o serviço Disney PhotoPass. Há fotógrafos espalhados pelo parque e você vai tirando fotos durante o dia que são linkadas quase que instantaneamente ao aplicativo através da magic band ou do seu cartão de entrada.

IMG_9374
Alimentação

Eu gosto sempre de levar comida para o Otto quando estamos viajando. Levei para o Magic Kingdom para oferecer no horário do almoço dele, ele comeu um pouco e depois oferecemos algo que comemos no nosso almoço. No caso aqui foi a turkey leg (uma coxona de peru). Demos alguns pedacinhos desfiados e ele deu uma beliscada.

Os restaurantes do parque não oferecem opções muito gostosas ou saudáveis, além de serem bem caros. Então sugiro que as mães levem comidinhas e lanchinhos para oferecer às crianças.

771cbd4a-6eb1-4232-ac8c-1cebb3703be6

Curtir o parque com crianças

Fiquei impressionada com a quantidade de bebês bem pequenos que vi no Magic Kingdom, até comentei nos stories. As mães são muito descomplicadas e vão sem medo. Com carrinho, sling, canguru…

Claro que todo mundo deve passar por uns apertos com as crianças, mas depende da maneira que você leva a situação. Sentei ao lado de uma americana com dois filhos de idades próximas; a menina estava irritada com alguma coisa, fazendo birra. A mãe, tranquilamente, perguntou: “Filha, o que está acontecendo? Você precisa me falar para que eu possa saber. Você está com frio? Está com fome? Se você não me falar, não tenho como saber”. Se ela entra no caos da menina, vira aquele estresse, todo mundo se irrita e acaba o dia.

Acredito que para evitar o perrengue, a regra é respeitar o tempo do seu filho. Enquanto ele estiver ativo, aproveite para ir nas atrações, brincar e se divertir. Bateu fome, sono, cansaço? Dê uma parada, veja qual é a necessidade dele, deixe ele comer/dormir e então quando acordar vai estar muito mais animado. Foi o que fizemos.

No caso do Magic Kingdom, especificamente, Otto ficou tão agitado com tantas novidades, que não quis dormir no horário de costume. Pulou a soneca da tarde. Ficamos no parque até a noite para assistir ao Happily Ever After, e foi só mais de 18h que ele pegou no sono. Aproveitamos para jantar e garantir nosso lugar para assistir ao show. Com organização e sem estresse, tudo dá certo.

010320134317-3IMG_7527IMG_5021IMG_7556

Gostaram do post? Achou que faltou alguma informação ou gostaria de saber alguma coisa? Deixe nos comentários!

Um comentário sobre “Disney: Magic Kingdom com criança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s